Madre Deus (Caetano Veloso)

Visitas: 18

Letra
Frente às estrelas
Costas contra a madeira
No ancoradouro
De Madre Deus
Meus olhos vão
Com elas
No vão
Meu corpo todo desmede-se
Despede-se de si
Descola-se do então
Do onde
Longe do longe
Some o limite
Entre o chão e o não
Frente ao infindo
Costas contra o planeta
Já sou a seta
Sem direção
Instintos e sentidos
Extintos
Mas sei-me indo
E as coisas findas
Muito mais que lindas
Essas ficarão
Dizia
A poesia
E agora nada
Não mais nada, não.
Discos donde fue grabado
Artistas que grabaron esta canción
Brasil
Música Popular
Brasil
Música Popular

Seguinos en las redes sociales

Facebook Twitter Instagram

Contactanos

Esperamos tu mensaje. Gracias!